03/06/2015 SANEAMENTO

Transposição entre Jaguari e Atibainha sofre atraso

A obra de transposição entre as represas do Jaguari (Bacia do Paraíba do Sul) e Atibainha (Cantareira) deve ser concluída apenas em 2017. A expectativa da Sabesp era iniciar as obras em maio deste ano e terminar a primeira etapa do projeto em 2016. Entretanto, problemas burocráticos e financeiros fizeram com que a empresa revisse o cronograma do projeto.

Agora, a projeção é que as obras comecem em agosto deste ano e sejam concluídas até fevereiro de 2017. Orçado em R$ 830 milhões, a obra garantirá 8.500 l/s ao Cantareira. Outra obra contra a crise hídrica teve atraso : a ligação do Sistema Rio Grande ao Alto Tietê, inicialmente prevista para maio e, agora, postergada pra setembro deste ano.

No projeto Jaguari-Atibainha, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) questionou o projeto, o que fez a Sabesp preparar novo edital de licitação. Além disso, apesar de estar dentro de obras do PAC, o Governo paulista não conseguiu aval de financiamento do BNDES.