12/07/2016
PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

Ambev lança projeto para recuperar Bacia do Rio Guandu

A Ambev lançou, dia 05 de julho, a fase Guandu do Projeto Bacias na APA Guandu, em Queimados (RJ). A empresa plantou duas mil mudas em uma área de preservação ambiental, em colaboração com a The Nature Conservancy (TNC), o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) e apoio da Secretaria do Meio Ambiente de Queimados. As mudas são de espécies da Mata Atlântica e foram cedidas pelo Programa Replantando Vida, da Cedae, em uma área de preservação ambiental às margens do Rio Guandu, totalizando uma área de 10 mil m2.

O Projeto Bacias – Guandu visa fortalecer e dar escala a projetos de conservação e recuperação florestal e pagamentos por serviços ambientais em áreas críticas da bacia do Rio Guandu. A meta é diminuir a exposição dos usuários da bacia aos riscos hídricos. Importante parceiro no Projeto, o CEBDS buscará envolver outras empresas associadas nesta grande ação coletiva para contribuir para a gestão sustentável e duradoura da Região Hidrográfica do Guandu, no Rio de Janeiro.

O lançamento faz parte das oito metas ambientais que a Ambev pretende cumprir até 2017, sendo uma delas a de criar iniciativas para proteção de bacias hidrográficas. Esta edição do Projeto Bacias no Guandu se junta a outras já em curso nas cidades de Jaguariúna (SP), Jundiaí (SP) e Sete Lagoas (MG).

A Ambev apoia também a Coalizão Cidades pela Água, iniciativa coordenada pela TNC, e que tem como objetivo ampliar a segurança hídrica para mais de 60 milhões de brasileiros, em 12 regiões metropolitanas, incluindo o Rio de Janeiro. “Acreditamos que o trabalho em rede é a melhor maneira de transformar o mundo em um lugar melhor. Como sabemos, a preservação da água é um grande desafio e, por isso, demanda uma solução colaborativa. Somente trabalhando juntos, unindo parceiros comprometidos com esta causa como nós, conseguiremos ter resultados cada vez maiores e na urgência que o tema exige. O Guandu é só mais um dos inúmeros passos que a companhia tem dado nessa questão”, afirma Simone Veltri, gerente de relações socioambientais da Ambev.

 

 

Veja também

23/11/2020
POMAR URBANO | 30 mil espécies às margens do rio Pinheiros
09/11/2020
RPPN | Estação Veracel comemora 22 anos
12/10/2020
MANGUEZAIS | Rede de farmácias promove reflorestamento
30/09/2020
LODO | Compostagem ajuda Atibaia no reflorestamento
15/06/2020
MEIO AMBIENTE | Atlantic Nickel inaugura viveiro de mudas
02/06/2020
MATAS CILIARES | Programa Nascentes alcança 20 mil ha
22/03/2020
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO | Normas para corredores ecológicos
09/03/2020
REFLORESTAMENTO | Três milhões de árvores até 2021
15/01/2020
RESTAURAÇÃO FLORESTAL | Reconhecimento internacional à CBA-UFV
03/06/2019
REFLORESTAMENTO | Scania e SOS Mata Atlântica firmam acordo
14/04/2019
CERRADO | Paisagens Rurais receberão US$ 21 milhões
13/03/2019
AMAZÔNIA | Cocô das antas na regeneração de áreas