09/03/2020
RECURSOS HÍDRICOS

ANA oferece cinco novo cursos EaD

A Agência Nacional de Águas (ANA) lança, em março, cinco novos cursos gratuitos e na modalidade de ensino à distância (EaD) abertos à população: Guia de Orientação e Formulários do Plano de Ação de Emergência (PAE), Guia de Orientação e Formulários para Inspeções de Segurança de Barragem, Políticas e Práticas de Segurança de Barragens para Entidades Fiscalizadoras, Água e Gênero, além de Noções de Ciência Política Aplicada à Gestão de Recursos Hídricos. Os interessados podem se inscrever durante todo o ano no link https://capacitacao.ead.unesp.br

O curso Guia de Orientação e Formulários do Plano de Ação de Emergência (PAE) é voltado a empreendedores públicos federais, estaduais ou municipais e doo setor privado e responsáveis técnicos de barragens para usos múltiplos das águas. O objetivo da capacitação é auxiliar na elaboração de PAE’s, conforme definido na Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB). Com carga de 30 horas, o curso emite certificado para alunos com notas maiores que 6 na avaliação final e que obrigatoriamente tenham respondido à Pesquisa de Satisfação. Já o curso Guia de Orientação e Formulários para Inspeções de Segurança de Barragem também possui carga de 30 horas e tem como público-alvo empreendedores públicos e privados, além de responsáveis técnicos de barragens para usos múltiplos das águas. O curso visa estabelecer orientações gerais quanto às metodologias e procedimentos a serem adotados pelos empreendedores, além de assegurar adequadas condições de segurança para as barragens pelas quais os empreendedores são responsáveis ao longo das diversas fases da vida das estruturas: planejamento e projeto, construção e primeiro enchimento, operação e descomissionamento (desativação).

O curso Políticas e Práticas de Segurança de Barragens para Entidades Fiscalizadoras tem carga de 40 horas. O público-alvo são entidades fiscalizadoras de segurança de barragens e o curso tem com objetivo auxiliar na compreensão do conjunto de obrigações e atividades a serem desempenhadas pelas entidades fiscalizadoras de segurança de barragens definidas na Lei nº 12.334/2010. Serão estudados vários tópicos no curso, dentre eles PNSB, classificação de barragens, regulação, fiscalização, entre outros. 

Com carga de 20 horas, o curso de Água e Gênero é destinado a técnicos e profissionais de órgãos gestores de recursos hídricos e de meio ambiente responsáveis pela implementação das políticas públicas de recursos hídricos e dos instrumentos de gestão no Brasil, América Latina, Caribe e países de língua portuguesa. A meta é sensibilizar e capacitar gestores de água sobre a questão da desigualdade de gênero e a importância da articulação dos temas “Gênero” e “Água” para a efetividade da gestão de recursos hídricos.

O curso Noções de Ciência Política Aplicada à Gestão de Recursos Hídricos – também com carga horária de 20 horas – é direcionado a representantes em instâncias colegiadas, como comitês de bacias, conselhos de recursos hídricos; servidores públicos; funcionários de órgãos executivos; e demais interessados no tema. A capacitação tem como objetivos: ensinar aspectos políticos-institucionais da gestão hídrica, explicar aspectos para que os participantes possam incorporar abordagens e conceitos da Ciência Política às suas práticas profissionais; e reconhecer dilemas da gestão de políticas públicas na democracia contemporânea.

Veja também