08/05/2019
POLUIÇÂO

App para monitorar qualidade do ar

Henrique Miranda, estudante do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Gabriel Barros, da Universidade Federal de Campina Grande, e David Luna, do Centro Universitário Maurício de Nassau criaram o Dispositivo de Monitoramento de Qualidade do Ar Conectado a Smartphones. A solução permite o monitoramento em tempo real da qualidade do ar que se respira. 
 
Pode-se monitorar a temperatura, umidade e a concentração de gases no ambiente, indicando os possíveis efeitos nocivos à saúde da população, que serão reportados imediatamente no aplicativo para smartphone. “Queremos conscientizar os gestores públicos e as empresas sobre os efeitos da baixa qualidade do ar para a população. Dessa forma, podemos incentivar mudanças de hábito para alcançar um ambiente mais puro e com menos danos à saúde das pessoas e ao meio ambiente”, comenta Henrique Miranda.
 
O aplicativo concorre com outros dois projetos na categoria Smart Cities da 7ª edição do Campus Mobile. Os vencedores do concurso serão premiados pelo Instituto NET Claro Embratel com uma viagem ao Vale do Silício, na Califórnia, Estados Unidos, para uma imersão nas principais empresas de tecnologia do mundo, como Google, Facebook, Twitter e até mesmo a Universidade de Stanford, para finalizarem os projetos. O Campus Mobile é um concurso de ideias e soluções para telefonia móvel do Instituto NET Claro Embratel, em parceria com a Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC/USP) e o apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. 

Veja também

16/03/2020
RESÍDUOS | Projeto combate poluição marinha
10/12/2019
SUSTENTABILIDADE | Câmara espanhola premia projetos
04/12/2019
ÓLEO NO LITORAL | CPI investigará origem das manchas
08/11/2019
AGROTÓXICOS | AL pede analise de presença na água
04/11/2019
SÃO PAULO | Grupo para conter avanço de óleo
04/11/2019
ARCELORMITTAL | Prêmio por projeto de dessalinização
24/10/2019
AESABESP | Concurso para futuro Museu Água