01/02/2021
RESÍDUOS

BMW Brasil reinsere PVC na produção

A BMW Group Brasil em parceria com empresas consumidoras de pasta de PVC desenvolve um processo interno em sua fábrica de automóveis em Araquari (SC), incentivando a economia circular e práticas sustentáveis com grupos locais. 

O selante de PCV é usado diariamente no processo de pintura dos carros produzidos na fábrica de Araquari. As sobras da substância durante o procedimento são inevitáveis - excedentes do processo gerados, por exemplo, em ações de manutenção dos equipamentos. Apesar desses resíduos já terem a destinação adequada e sustentável - o envio para blendagem e coprocessamento e o desafio de criar oportunidades de economia circular e reinseri-los na produção, o chamado “Seal the Deal”. 

As sobras do selante de PVC são separadas de maneira estratégica e com cuidados específicos para garantir a sua qualidade e potencial de reuso. Posteriormente, o material é destinado a empresas parceiras locais que utilizam o selante como matéria-prima em seu processo produtivo. O material pode ser usado para fazer produtos como tapetes, carpetes, solas de sapato, cones de trânsito e até barracas para acampamento. 

Com a implantação deste conceito de expansão do ciclo de vida do selante, o “Seal the Deal” tem potencial global de impedir a emissão de mais de 2500 toneladas de gás carbônico em um ano e ainda evitar o consumo de 15 milhões de litros de água, referente ao material que seria adquirido de outra forma por empresas que usam o PVC como matéria-prima. 

O “Seal the Deal” é um dos vencedores de um desafio mundial que  procurava iniciativas de inovação e contou com o apoio do Accelerator Program do BMW Group, um programa de 12 semanas que tem como objetivo acelerar as ideias em um curto período. 

Além do “Seal the Deal”, a fábrica em Araquari já conta com a utilização de energia proveniente de fontes renováveis, promovendo a redução das emissões de CO₂ em suas atividades - o que rendeu a certificação I-REC, um instrumento de compensação do consumo de energia elétrica proveniente de fontes que emitem CO₂ na atmosfera. A meta da companhia é reduzir em 20% a emissão de CO₂ por veículo na cadeia produtiva, em 80% na produção, por veículo, e em 40% na fase de uso, também por veículo até 2030. 

No Upcycle Element, outro projeto idealizado pelos próprios funcionários da fábrica de Araquari, excedentes da produção como retalhos, uniformes usados e acessórios, são encaminhados a um grupo de mulheres artesãs da comunidade local que transformam os resíduos em bolsas, nécessaires e mochilas, gerando oportunidade de renda. De 2014 até hoje, o BMW Group realizou ajustes nos sistemas produtivos de suas fábricas em Araquari e Manaus (AM) e implantou o reuso da água em alguns processos, medida que provocou uma redução de 39% da água na produção.

Veja também

10/05/2021
MEIO AMBIENTE | Parceria recicla 23,8 toneladas de vidro
10/05/2021
SANEAMENTO | PL pode atrasar prazos para lixões
04/05/2021
EMBALAGENS DE TINTAS | Empresas estimulam descarte correto
04/05/2021
REMANUFATURADOS | Indústria Fox investe em e-commerce
26/04/2021
RESÍDUOS SÓLIDOS | ANA recebe contribuições recordes
26/04/2021
RESÍDUOS | Menos 600 lixões sendo usados
19/04/2021
LATAS DE ALUMÍNIO | Índice de reciclagem chega a 97,4%
19/04/2021
EVENTOS | Encontro Lixo Zero acontece dia 23 de abril
11/04/2021
RESÍDUOS | Matéria-prima para cimenteiras
07/04/2021
RESÍDUOS | Ferramenta para integrar informações
29/03/2021
ISOPOR | Florianópolis ampliará reciclagem
22/03/2021
LIXO | Compesa e BRK recolhem duas mil t no esgoto do Recife