24/08/2020
ESGOTO

BRK usa tecnologia holandesa em Limeira

A BRK Ambiental iniciou fase de comissionamento do sistema Nereda®, instalado na Estação de Tratamento de Esgoto Tatu, responsável por tratar 80% de todo o esgoto coletado na cidade de Limeira (SP). Esta etapa de testes tem duração de dez meses e é possível realizar a conferência e a avaliação de todos os componentes do sistema que foram instalados, para garantir que eles estejam operando de acordo com o que foi projetado. É na etapa de comissionamento também que a BRK inicia a ambientação do meio biológico, necessária para o tratamento nesse tipo de sistema.

“O sistema Nereda® é um método de tratamento holandês patenteado, que através de lodo granular aeróbio tende a ser mais sustentável e eficiente. Ele dispensa a adição de produtos químicos e, do ponto de vista construtivo, ocupa menos da metade da área necessária para infraestruturas tradicionais de tratamento de esgoto”, explica Heitor Mendonça, gerente de engenharia da BRK Ambiental em Limeira. A tecnologia Nereda® é uma inovação pioneira no Brasil, ao utilizar produtos 100% biológicos. A tecnologia contribuirá para reduzir o impacto ambiental nas operações de tratamento de esgoto, pois garante um efluente de maior qualidade, gerando uma água muito mais limpa no final do processo. Isso porque faz a remoção de matéria orgânica (95%), nitrogênio (75%) e fósforo (89%).

Outra vantagem é que a tecnologia reduz o tamanho da estação de tratamento de esgoto em comparação aos processos convencionais, como o de lodos ativados, chegando a ser quatro vezes menor. “A tecnologia permite uma área reduzida de implantação, tem baixo consumo energético e redução de geração de odores, além de garantir uma elevada eficiência de tratamento, superior aos sistemas convencionais", complementa Mendonça.

Nessa primeira etapa de comissionamento, a vazão média de tratamento é de 660 l/s sendo que a vazão máxima é de 850 l/s. A BRK investiu R$ 120 milhões para a implantação da tecnologia na ETE Tatu, o que permitirá o tratamento do efluente e que o mesmo seja devolvido ao Ribeirão Tatu com alto nível de qualidade, beneficiando não somente o município de Limeira, mas toda a Bacia PCJ (rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí).