19/02/2021
ECONOMIA CIRCULAR

BVRio e Iniciativa 3R buscam plástico zero

A BVRio e a Iniciativa 3R, uma coalizão dedicada a alcançar zero resíduos de plástico, lançou recentemente uma nova iniciativa de gestão de plásticos que estabelecerá procedimentos e ferramenta para que as empresas ao redor do mundo possam gerir e reduzir resíduos de plástico de uma forma transparente e robusta. Mais de mil empresas comprometeram-se a agir para criar uma ‘Nova Economia de Plástico’. Entretanto, até o momento poucas medidas práticas claras e críveis foram adotadas para alcançar e relatar os compromissos de redução dos resíduos plásticos. "A BVRio orgulha-se de estar envolvida na criação desta importante iniciativa. Nós vemos a iniciativa como uma peça importante do ecossistema da economia circular, ajudando a aumentar a robustez ambiental e o impacto das atividades deste sector nascente, abrindo caminho para mais investimento e atividade neste espaço", disse Mauricio Moura Costa, diretor da BVRio. 

A iniciativa inclui Diretrizes para a Gestão Corporativa de Plásticos (Guidelines for Corporate Plastic Stewardship) e um Standard para Projetos de Redução de Resíduos Plásticos (Plastic Waste Reduction Standard). As Diretrizes para a Gestão Corporativa de Plásticos, desenvolvidas pela Iniciativa 3R, South Pole, Quantis e EA, fornecem as melhores práticas para as empresas quantificarem e relatarem de forma crível e transparente as suas pegadas de plástico, assim como seus compromissos para reduzir os resíduos plásticos. 

O Standard de Plástico, desenvolvido e gerido pela Verra ajuda as empresas que já tentam reduzir a pegada plástica das suas operações a investir em projetos de coleta e reciclagem de resíduos plásticos. As empresas podem fazê-lo comprando créditos de plástico criados por projetos que se adequem ao Standard de Plástico. "Precisamos enfrentar uma crise de poluição plástica sem precedentes", disse David Antonioli, Diretor Executivo da \/erra. "Se apenas 10 dos maiores produtores de plástico do mundo adoptassem as recomendações desta nova iniciativa, mais de 1 milhão de toneladas de resíduos de plástico vazados para o ambiente todos os anos seria removido". 

O Standard de Plástico foi testado por 24 projetos em 18 países, com a ajuda da BVRio. Na Indonésia, onde 165 milhões de pessoas não têm acesso à gestão de resíduos, a Nestlé e a Danone contribuíram para dois projetos-piloto utilizando o Standard de Plástico para prestar contas e verificar independentemente os benefícios sociais, econômicos e ambientais destes projetos. 

A Nestlé associou-se ao Projeto STOP para construir um sistema circular de gestão de resíduos na Indonésia, trabalhando em parceria com o governo e a comunidade local. "O uso do Standard de Plástico ajudará a melhorar a transparência na medição do impacto e nos relatórios, ao mesmo tempo em que apoiará projetos que melhorarão as taxas de coleta e reciclagem em todo o mundo", disse Hanna Jager, gerente global de Compras Responsáveis da Nestlé. 

Em outro projeto-piloto na Indonésia, a Danone investiu em um centro de triagem de reciclagem que desviou 1.400 toneladas de plástico dos aterros em 2020 e deverá desviar 4.400 toneladas de plástico este ano. "Esta iniciativa ajudará as empresas a comunicarem os impactos de suas operações de maneira consistente e comparável, aumentando a transparência e a responsabilidade corporativa para avançar e acelerar uma economia mais circular", disse Alexander Cramwinckel, gerente global de Economia Circular da Danone. Além da BVRio, os membros da Iniciativa 3R incluem Nestlé, Danone, Tetra Pak, Verra e as principais organizações ambientais e do mercado de carbono.

Veja também