Professora Lara Bartocci Liboni, da FEA-RP (USP)

01/03/2016
BIOCOMBUSTÍVEIS

Equipe da USP participa de estudo da ONU

A professora Lara Bartocci Liboni, do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP (FEA-RP) e os alunos de pós-graduação em Administração de Organizações, Marcelo Elias dos Santos e Marlon Fernandes Rodrigues Alves, do curso de doutorado, e os alunos do mestrado Larissa Marchiori Pacheco e Bruno Garcia de Oliveira participaram da elaboração do relatório “Second-Generation Biofuel Markets: State of Play, Trade and Developing Country Perspectives”, divulgado dia 23 de fevereiro pela United Nations Conference on Trade and Development (UNCTAD), ligada à ONU. Os pesquisadores foram os únicos representantes de uma instituição de ensino brasileira na pesquisa.

O estudo aponta que biocombustíveis avançados feitos a partir de biomassa não alimentar (biocombustíveis de 2ª geração) são uma realidade comercial e como esse mercado pode ser explorado e se tornar tecnologia disponível para países em desenvolvimento.

Com um foco específico em etanol celulósico, um novo tipo de biocombustível produzido a partir de bagaço, madeira, grama ou de partes não comestíveis de plantas, o relatório oferece uma análise abrangente do setor de biocombustíveis de segunda geração.

O estudo da ONU aponta o Brasil como 4º país com capacidade instalada para produção de etanol de segunda geração, atrás apenas de Estados Unidos, China e Canadá. A capacidade instalada atual do Brasil é de 177,34 milhões de litros, o que representa 12% do total instalado no mundo.

Entretanto, o estudo mostra que o Brasil não definiu metas de consumo de etanol de segunda geração, mas que tem introduzido incentivos para promover tanto a pesquisa e desenvolvimento quanto o início de produção. “Participar de um projeto desses é importante não só pelo avanço na pesquisa, mas também pela oportunidade da troca de conhecimento”, afirma a professora. O relatório está disponível, em inglês, no site http://unctad.org/en/pages/PublicationWebflyer.aspx?publicationid=1455

Veja também

24/02/2021
GESTÃO DE CARBONO | BASF e Siemens Energy firmam parceria
24/02/2021
ENERGIA SOLAR | Win traz tecnologias para o Brasil
19/02/2021
BIOCOMBUSTÍVEIS | MME e ECB conversam sobre diesel verde
19/02/2021
ARTIGO | O futuro da inovação da tecnológica em energia solar
08/02/2021
ENERGIA SOLAR | Minas Gerais tem a maior potência instalada
28/01/2021
HIDROGÊNIO VERDE | Solução inovadora em projeto offshore
26/01/2021
VEÍCULOS ELÉTRICOS | Bateria promete carregar em cinco minutos
22/01/2021
ENERGIA | AES Brasil vai fornecer à Ferbasa
22/01/2021
ENERGIA SOLAR | Mais de 47 mil empregos em 2021
22/01/2021
ENERGIAS LIMPAS | Demanda pode favorecer produção mineral
22/01/2021
ENERGIA EÓLICA | Impactos do novo modelo de precificação
11/01/2021
ENERGIA EÓLICA | Acertada venda do complexo Mangue Seco