11/01/2021
ENERGIA FOTOVOLTAICA

Itaipu implanta projeto-piloto no PR

A Itaipu e a Prefeitura de Maripá (PR) implantaram o primeiro projeto piloto do município para produção de energia com painéis fotovoltaicos no segundo semestre de 2020. O projeto, que recebeu aportes de R$ 188,8 mil, é resultado da premiação do 2º Concurso de Boas Práticas – Iniciativas para construção da Agenda 2030, promovido em 2018 pela Itaipu, em parceria com o Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, dentro do programa Cidades Sustentáveis. 

O sistema fotovoltaico foi instalado em um estacionamento da prefeitura, com 16 vagas, 45 metros de comprimento e seis de largura. Ao todo são 135 placas fotovoltaicas policristalinas, de 400 W, suficientes para atender a 80% do consumo do Paço Municipal. Anteriormente, o prédio gastava em média R$ 5 mil por mês com energia elétrica. A administração prevê o retorno do investimento em aproximadamente quatro anos.

O assistente da Diretoria de Coordenação da Itaipu binacional, Márcio Ferreira Bortolini, disse que o investimento está alinhado à missão empresarial de Itaipu e tem duplo resultado. O primeiro é direto: economia para o município, com geração própria e menor dependência das distribuidoras de energia. “Esse recurso economizado [com a conta de luz] poderá ser investido em outras áreas importantes para o município, de forma sustentável e com benefício à população”, explicou. Outro benefício é o ambiental, conforme preconiza a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, das Nações Unidas – particularmente, o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 7, que trata de Energia Limpa e Acessível. “Trata-se de um exemplo para os demais municípios que estão inseridos na área de atuação de Itaipu, mostrando que é possível trabalharmos na implantação da Agenda 2030 de forma que cada vez mais a sociedade e os municípios tenham uma gestão sustentável”, conclui.

Localizado no Oeste do Paraná, Maripá fica a quase 200 km de Foz do Iguaçu e tem cerca de 5 mil habitantes. O município concorreu no Concurso de Boas Práticas com o projeto “Maripá Vigilante, Prevenindo as Violências e Apoiando a Paz”, desenvolvido pela Secretaria de Saúde, e ficou em primeiro lugar. O concurso envolveu 40 municípios da região com 137 boas práticas inscritas. Maripá foi contemplada com até R$ 200 mil em incentivos via convênio com Itaipu e aplicou o recurso no projeto de energia fotovoltaica.

Veja também

11/01/2021
ENERGIA EÓLICA | Acertada venda do complexo Mangue Seco
11/01/2021
ENERGIA SOLAR | Os benefícios da geração distribuída
11/01/2021
ENERGIA SOLAR | Investimentos somam mais de R$ 13 bilhões
21/12/2020
ENERGIA EÓLICA | Qual o potencial offshore no Brasil?
21/12/2020
ENERGIA SOLAR | Campus da UFPR recebe usina
21/12/2020
LARGO RESOURCES | Entrada no mercado de energia limpa
21/12/2020
ENERGIA SOLAR | Agronegócio é o segmento que mais cresce
07/12/2020
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA | EDP disponibiliza R$ 4 milhões para projetos
07/12/2020
ENERGIAS RENOVÁVEIS | Bradesco compra certificados da AES Brasil
07/12/2020
ENERGIA EÓLICA | Webinar discute potencial offshore
01/12/2020
ENERGIA EÓLICA | Estudo mostra impacto positivo
01/12/2020
ENERGIA SOLAR | ES quer triplicar investimentos