16/03/2020
ENERGIA SOLAR

MG investe em geração compartilhada

Mais de 1.000 empresas e condomínios aderiram à geração de energia solar compartilhada da parceria Cemig SIM e Mori Energia e já economizaram R$ 2,5 milhões. Além disso, os estabelecimentos deixaram de emitir 4.6 toneladas de CO2 na atmosfera, colaborando para a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico do estado de Minas Gerais. A Cemig SIM fechou contratos com associações e administradoras de condomínio, como: FIEMG, MinasPetro, CDL-BH, ACMinas, Federaminas, Sicoob-Cecremge, Sincodiv, Opala, ABIH-MG, MinasPetro, Prosind, Grupo Zelo, Pacto Administradora, CASA, construtora Patrimar entre outros. 
 
Danilo Gusmão, CEO da Cemig SIM, disse que o número de clientes cresceu rapidamente devido à qualidade do produto, à excelência do atendimento e à adesão totalmente digital. 
 
Para construir as usinas solares a Cemig SIM assinou parceria com a Mori Energia. As duas pretendem implantar 32 usinas solares fotovoltaicas em 17 cidades mineiras, equivalente ao fornecimento de energia a 1,7 milhão de residências, ou seja, duas vezes o tamanho de Belo Horizonte. "Acreditamos em Minas Gerais e por isso estamos investindo R$ 650 milhões para oferecer soluções diferenciadas, que fortaleçam a economia e que beneficiem o meio ambiente", afirma o diretor-presidente da Mori Energia, Bruno Shiraga. 
 
Empresas, condomínios e comércios que possuam conta acima de R$ 450,00 podem aderir ao modelo, sem precisar de nenhum tipo de investimento, instalação ou obras. A energia é gerada remotamente em áreas com radiação solar mais favorável, no norte e noroeste de Minas Gerais, e chega pela rede da distribuidora, porém, com menor custo.

Veja também

22/03/2020
ENERGIAS RENOVÁVEIS | Lançado guia de PPA’s para empresas
22/03/2020
ENERGIA SOLAR | Mais de R$ 1,2 bi em propriedades rurais
16/03/2020
ENERGIA SOLAR | Blue Sol quer expandir franquias
09/03/2020
ENERGIA SOLAR | Braskem e Voltalia fecham acordo de 20 anos
09/03/2020
ENERGIA EÓLICA | Investimentos em dois parques no Piauí
03/03/2020
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA | CPFL Energia investe forte em 2019