24/02/2021
LIXO NOS MARES

Programa Pellet Zero é destaque no Brasil

Em 2020, o Brasil ganhou protagonismo na implementação do Programa Pellet Zero - OCS® na América do Sul. Criado com o objetivo de auxiliar indústrias do setor plástico na eliminação de eventuais perdas de pellets plásticos para o ambiente, por meio de educação ambiental aos colaboradores das empresas do setor, o Programa Pellet Zero - OCS® recebeu um modelo inovador de implementação de acordo com a realidade brasileira e sob os parâmetros estabelecidos no "Fórum Setorial dos Plásticos - Por Um Mar Limpo", com base no Manual original do programa criado nos Estados Unidos pela ACC (American Chemistry Council) e PIA (Plastics Industry Association). 

A parceria com a Abiquim – Associação Brasileira da Indústria Química, que incluiu o Pellet Zero – OCS® em seu "Compromisso Voluntário da Indústria com a Economia Circular" como um de seus pilares, tem sido de grande importância para que seus signatários, parceiros logísticos e transportadores se envolvam na causa de preservação dos oceanos. A liderança da petroquímica na disseminação dos conceitos do Programa extrapola suas próprias operações. Por exemplo, a Dow em recente parceria com a Plastivida, divulgou o OCS® pioneiramente entre seus prestadores de serviços e operadores logísticos, criando um novo foco do Programa. Hoje, estas empresas têm sinalizado a obrigatoriedade da certificação OCS® como condição da prestação de serviços, estimulando ainda mais o Programa.

Em apenas 6 meses de atuação, 22 empresas foram orientadas pela Plastivida Instituto Socioambiental dos Plásticos, licenciadora do Programa Internacional Operation Clean Sweep (OCS®) e pelo Instituto Oceanográfico da USP (IOUSP) e já foram certificadas, abrindo portas para clientes e parceiros do setor. O ponto alto aconteceu em dezembro de 2020, quando a Plastivida emitiu o primeiro certificado OCS® Blue da América do Sul, a categoria mais alta dentro do Programa, concedida à Braskem, uma das signatárias do "Compromisso Voluntário da Indústria com a Economia Circular". Além dela, Dow, Innova e Unigel, todas signatárias, também já são certificadas OCS®, demonstrando o compromisso da petroquímica brasileira na preservação ambiental.  

O modelo de implantação desenvolvido no Brasil é inovador e foi aprovado pelo Operation Clean Sweep - OCS®. Ele evidencia que a certificação é um processo contínuo de desenvolvimento e monitoramento, feito de forma transparente e rastreável. Sua elaboração se baseia no Manual do Programa Pellets Zero - OCS®, que atende às metas previstas pelo Objetivo do Desenvolvimento Sustentável nº 14 (ODS-14), de conservação e uso sustentável dos oceanos, e às assumidas pelos governos de diversos países e por organizações intencionais da sociedade civil, durante a Conferência das Nações Unidas para os Oceanos, em 2017. 

Veja também

11/04/2021
RESÍDUOS | Matéria-prima para cimenteiras
29/03/2021
ISOPOR | Florianópolis ampliará reciclagem
15/03/2021
COLETA SELETIVA | Cartilha da UFSCar orienta catadores
03/03/2021
PLÁSTICOS | Projeto proíbe não recicláveis
19/02/2021
ECONOMIA CIRCULAR | BVRio e Iniciativa 3R buscam plástico zero
19/02/2021
PLÁSTICO | Resíduos são transformados em embalagens
08/02/2021
COLETA DOMÉSTICA | Descarte correto de micropoluentes
01/02/2021
RESÍDUOS | BMW Brasil reinsere PVC na produção
22/01/2021
ECONOMIA CIRCULAR | Tampinha Legal já destinou mais de R$ 1 milhão
11/01/2021
LOGÍSTICA REVERSA | Consulta pública para destino correto a vidros
11/01/2021
SÃO PAULO | R$ 2,2 milhões para coleta e reciclagem
23/11/2020
SABESP | Usina de reciclagem para produzir asfalto