29/05/2018
EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Projeto destina 20% de recursos com multas

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4361/12 que, por um período de até cinco anos, destina 20% dos recursos arrecadados com multas aplicadas por órgãos integrantes do Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama) para políticas públicas e ações de educação ambiental. 
 
O texto apresentado pelos deputados Sarney Filho (PV-MA) e Izalci Lucas (PSDB-DF), além da ex-deputada Telma Pinheiro, altera a Lei 9.795/99, que instituiu a Política Nacional de Educação Ambiental. Também foi aprovado o PL 4472/12, de Sarney Filho, que tramita apensado e tem o mesmo objetivo. 
 
O relator na Comissão de Finanças, deputado Renato Molling (PP-RS), votou pela adequação orçamentária e financeira da proposta e do apensado, este com emendas para permitir a vinculação dos recursos por no máximo cinco anos. Esse prazo é uma imposição da atual Lei de Diretrizes Orçamentárias (13.473/17). A proposta, que tramita em caráter conclusivo, já havia sido aprovada pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Veja também

25/10/2020
MEIO AMBIENTE | Acordo para proteção da biodiversidade
23/10/2020
EDUCAÇÃO AMBIENTAL | Biofossa pode ser solução no campo
12/10/2020
DESMATAMENTO | Alertas crescem no governo Bolsonaro
30/09/2020
AMAZÔNIA | Manifesto contra discurso de Bolsonaro
14/09/2020
AMAZÔNIA | Para deputado, decreto legitima grilagem
08/09/2020
MEIO AMBIENTE | Câmara tenta consenso entre bancadas
22/03/2020
EDUCAÇÃO AMBIENTAL | Essencis inaugura Centro em Caieiras
16/03/2020
EDUCAÇÃO AMBIENTAL | Cartilhas promovem Jardins Filtrantes
10/12/2019
OCEANOS | PL quer ampliar proteção marítima
10/12/2019
COP 25 | Ministro defende inclusão econômica
04/11/2019
MARCO DO SANEAMENTO | Comissão aprova atualização
24/10/2019
ÁGUA | Projeto prevê medidas contra desperdício