25/09/2019
TÍTULOS VERDES

Sabará capta R$ 20 milhões

A Sabará Químicos e Ingredientes captou R$ 20 milhões em uma emissão verde, os green bonds – instrumentos oferecidos pelo mercado de capitais para captação de recursos para projetos com benefícios ambientais.
 
Para emitir um título verde, a empresa tem que se comprometer em gerar relatórios que comprovem suas notas para os principais indicadores de sustentabilidade, além do andamento dos projetos que desenvolve. Pela primeira vez, a Sabará teve acesso ao mercado de capitais para obter capital de longo prazo, no caso, de cinco anos. 
 
Os recursos da Sabará servirão para abater dívidas bancárias para a construção da fábrica de Clorito de Sódio em Santa Bárbara D’Oeste (SP) e também para investimentos em novos projetos. O Clorito de Sódio é utilizado em diversos mercados, inclusive como precursor para geração do Dióxido de Cloro, produto utilizado para o tratamento de água para consumo humano. 
 
A SITAWI, organização brasileira que mobiliza capital para impacto socioambiental positivo, confirmou que a emissão da Sabará está alinhada aos Green Bonds Principles e, portanto, se caracteriza como Título Verde, com contribuições positivas para o desenvolvimento sustentável. De acordo com o documento, a nova planta da Sabará tem performance confortável em todas as dimensões analisadas: ambiental, comunidades, trabalhadores e sistema de gestão socioambiental.
 

Veja também

03/08/2020
SELO VERDE | Mina Tucano recebe certificado
03/08/2020
QUESTÕES AMBIENTAIS | Nordea retira JBS de investimentos
27/07/2020
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL | Prorrogado edital para projetos
06/07/2020
SUSTENTABILIDADE | Schneider Electric rumo ao zero carbono