03/06/2019
REFLORESTAMENTO

Scania e SOS Mata Atlântica firmam acordo

A Scania e a SOS Mata Atlântica assinaram acordo que prevê o plantio de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica para compensar uma parte do CO2 gerado pelo processo produtivo da empresa em sua fábrica de São Bernardo do Campo (SP). O chamado ‘Projeto Scania’ está localizado às margens da rodovia Dutra, em frente ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, localizada na cidade de Aparecida (SP). 
 
A forma de contabilizar a compensação foi definida em duas frentes - pela quantidade de caminhões, ônibus e motores industriais, marítimos e para grupos geradores de energia vendidos (na parte de produtos) e pelo número de financiamentos e cotas de consórcios vendidos (braços financeiros) num ano. Em 2018, a “Floresta Scania” recebeu 18 mil mudas, relativas a 15 mil produtos vendidos e 3 mil financiamentos do Scania Banco, o que gerou uma compensação de 3 mil toneladas de COC. Para este ano, a expectativa é plantar 25 mil mudas, divididas em 17 mil alusivas aos produtos vendidos, 4.500 via financiamentos do Scania Banco, 3 mil de cotas de consórcio, e mais outras 500 provenientes de uma expansão na fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Ou seja, em dois anos, serão 43 mil mudas plantadas (de mais de 100 espécies diferentes) e 7.200 toneladas de CO2 compensadas. O plantio de 2019 deverá começar no último trimestre. “Com a chegada da Nova Geração de caminhões da marca, em novembro de 2018 e apenas dois anos após o lançamento na Europa, a fabricante resolveu dar mais um passo em sua jornada para liderar a transição para um sistema de transporte mais sustentável”, afirma Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil.
 
“O entendimento das empresas sobre seu papel para o desenvolvimento sustentável é fundamental para a melhoria da qualidade de vida da sociedade a partir da conservação ambiental. Poder estar ao lado de uma empresa que também pensa assim é um orgulho para nós”, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica. O trabalho de plantio de mudas ajuda a comunidade com geração de trabalho e renda na região de Aparecida. Na implantação das 18 mil mudas, a SOS Mata Atlântica articulou-se com três viveiros locais e um prestador de serviços para contribuir, diretamente, no envolvimento das comunidades do entorno.

Veja também

29/06/2020
SOS MATA ATLÂNTICA | Novo marco não reconhece direito humano
15/06/2020
MEIO AMBIENTE | Atlantic Nickel inaugura viveiro de mudas
02/06/2020
MATAS CILIARES | Programa Nascentes alcança 20 mil ha
22/03/2020
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO | Normas para corredores ecológicos
09/03/2020
REFLORESTAMENTO | Três milhões de árvores até 2021
15/01/2020
RESTAURAÇÃO FLORESTAL | Reconhecimento internacional à CBA-UFV
17/09/2019
SOS MATA ATLÂNTICA | Rios por um Triz debatem poluição