06/10/2020
HIDROGÊNIO VERDE

Siemens fecha parceria para produção

A Siemens Smart Infrastructure e a WUN H2 GmbH assinaram um contrato para construir uma das maiores instalações de produção de hidrogênio na cidade de Wunsiedel, no norte da Baviera alemã. Numa fase inicial de desenvolvimento, a planta terá entrada de energia de 6 MW e funcionará exclusivamente com energia renovável e será livre de CO2. 

A instalação de eletrólise da Siemens Energy terá capacidade para produzir mais de 900 toneladas de hidrogênio por ano nesta primeira fase. Em uma próxima etapa de ampliação, a unidade terá capacidade para fornecer até 2.000 toneladas anuais. A inauguração está prevista para o final deste ano e o comissionamento no final de 2021. 

A Alemanha comprometeu-se a ser neutra em relação aos gases do efeito estufa até 2050. Para isso, todos os setores que utilizam energia, como transporte e indústria, devem avançar com a descarbonização. A instalação em Wunsiedel servirá de modelo para toda a Alemanha. A unidade de Wunsiedel irá converter a energia renovável disponível na região, por exemplo, da energia fotovoltaica e eólica, em hidrogênio armazenável (H2), tornando-a disponível para aplicações em mobilidade e indústria. A Siemens afirma que isso é especialmente útil quando, em dias de sol e vento, mais energia de fontes renováveis é produzida do que o necessário.