09/11/2020
BIOMAS

UFSCar protege área de Cerrado no campus

No campus de São Carlos (SP), a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tem uma área de 47 hectares de Cerrado onde acontecem atividades de ensino, pesquisa, extensão e lazer. Para garantir a preservação do bioma, a Secretaria Geral de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS) solicitou que a área, bem como seus recursos naturais, não sejam explorados. 

A Reitora da UFSCar, Profa. Dra. Wanda Hoffmann, apoiou a solicitação e a inseriu na pauta do Conselho de Administração (CoAd). No dia 23 de outubro, o Conselho votou por preservar esta área de Cerrado de modo permanente. "O Cerrado da UFSCar é um laboratório a céu aberto. Nas próximas décadas, este fragmento de Cerrado será um diferencial. Estamos em uma área urbana, no interior do Estado de São Paulo, e temos um fragmento de Cerrado. Para a Universidade, isto se reverte em pesquisas e estudos", diz Wanda. 

A equipe da SGAS construiu pareceres técnicos sobre as características da vegetação do local e sua importância para a conservação do Cerrado. "Nesta área são realizadas pesquisas em Botânica, Hidrobiologia, Ecologia, Morfologia, Gestão Ambiental, dentre outras. Ressaltamos a necessidade de proteção deste importante remanescente de vegetação de Cerrado, uma vez que no Estado de São Paulo resta apenas 1% da cobertura original de Cerrado", explica a Dra. Raquel Stucchi Boschi, servidora da SGAS. 

O Cerrado da UFSCar abriga mais de 167 espécies de plantas. Já foram registradas pelo menos 300 espécies de aves, em torno de 20 mamíferos de médio e grande porte, mais de 20 anfíbios, além de uma grande diversidade de macro invertebrados aquáticos e de plantas, muitas das quais de interesse social para a saúde e alimentação. Como exemplo dos mamíferos, há registros da presença do tamanduá-bandeira, da onça-parda, do lobo-guará e do veado-mateiro. A preservação da área de Cerrado confere à Universidade um ‘selo verde' de preocupação ambiental. “Além da excelência em tecnologia, pesquisa e ciência, também temos esta preocupação ambiental. É um exemplo tanto em nível nacional quanto internacional", afirma a Profa. Dra. Dalva Matos, do Departamento de Hidrobiologia da UFSCar.

Veja também

01/12/2020
GASES TÓXICOS | UFSCar desenvolve sensores portáteis
01/12/2020
OCEANOS | Projeto da EU vai explorar Atlântico
23/11/2020
ENERGIA SOLAR | UFSCar implanta duas usinas no campus
23/10/2020
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO | UFSCar e FF firmam protocolo de preservação
23/10/2020
CIÊNCIAS AMBIENTAIS | Vagas para mestrado e doutorado
12/10/2020
AUDIOVISUAL | 2ª Mostra de Vídeos Indígenas da UFSCar
12/10/2020
RECURSOS HÍDRICOS | Estudo da UFSCar quer maior participação
30/09/2020
BIOMAS | Restauração da Mata Atlântica e Amazônia
22/09/2020
MEIO AMBIENTE | Cientistas pedem combate a fogo nos biomas
22/09/2020
BIOMAS | Cerrado perdeu 28 milhões de hectares
14/09/2020
LEGADO VERDES | CBA comemora Dia do Cerrado com ações
08/09/2020
RESÍDUOS | UFSCar lança “Compartilhando Menos Lixo!”